top of page
  • LM

PNL: o que é e quais são os benefícios?



Você quer ser um influenciador, alguém que recebe um "sim" em todas as situações? Você acha que precisa melhorar sua capacidade de persuasão? Então, agora é a hora de você entender o que é PNL. Isso porque a programação neurolinguística é o método responsável por desenvolver a capacidade de influenciar e persuadir.


As técnicas de PNL estão recebendo muita atenção por garantir uma comunicação de maior qualidade e relacionamentos pessoais e profissionais.


Neste artigo, você aprenderá o que é a programação neurolinguística (PNL) e como ela pode ajudá-lo a se tornar um profissional mais influente.


O que é PNL?


Como área do conhecimento, a programação neurolinguística (PNL) está atrelada ao estudo do cérebro e do comportamento humano. Em resumo, a PNL tenta entender a relação entre os processos neurais, a linguagem que usamos e as atitudes que adotamos.


Usando a PNL, é possível identificar essas crenças internas e atenuar a presença de respostas automáticas na vida cotidiana.


Além disso, as técnicas de programação neurolinguística são ferramentas valiosas para uma melhor compreensão de nós mesmos e dos outros. Por meio da PNL, conseguimos entender as emoções envolvidas na tomada de decisões e maneiras de sermos mais impactantes.


Como a PNL surgiu?


A pesquisa sobre esse tema surgiu na década de 1970, graças ao trabalho do matemático Richard Bandler e do linguista John Grindel. Em uma pesquisa sobre a mente humana, eles tentaram entender o que leva algumas pessoas a alcançarem resultados positivos em diversas áreas da vida.


Com base nisso, eles concluíram que os seres humanos são o resultado da conexão entre 3 elementos:

  • Padrões de comportamento (que podem ser modificados);

  • Sistema neurológico (responsável pelas nossas reações conscientes e inconscientes);

  • Linguagem (comunicação verbal, não verbal e a maneira como enxergamos o contexto em que estamos inseridos).

Bandler e Grinder descobriram que nossas respostas a estímulos são influenciadas por padrões externos (comportamento e linguagem) e padrões internos (crenças e modelos mentais). Ou seja, a forma como nos comportamos é resultado dessa interação. Então, o que percebemos como realidade é, na verdade, uma das formas de ver e entender o mundo.


Por que aprender PNL?


Engana-se quem pensa que influenciar e persuadir são habilidades importantes apenas para profissionais de vendas. Na verdade, todos nós, sem exceção, negociamos a todo momento.


A influência e a persuasão existem nas situações mais banais do dia a dia. Mas é claro que às vezes precisamos chegar a um acordo sobre um assunto relacionado e sério.


Como resultado, a programação neurolinguística (PNL) está ganhando cada vez mais atenção de profissionais que buscam se tornar mais influentes. Afinal, entender o cérebro humano é o primeiro passo para controlar a fala, o comportamento e racionalizar as respostas aos estímulos.


Como funciona a PNL?


Ao contrário do que muitos ainda acreditam, a PNL não é sobre controlar mentes: a verdade é que a PNL é baseada na neurociência.


Trata-se de entender como o cérebro humano funciona por meio do registro das informações captadas pelos sentidos e como elas são estruturadas e processadas. Em outras palavras, é uma questão de como melhor usar o nosso cérebro.


Como resultado desse processo, produz-se um modelo de pensamento aplicado às atitudes. Ao entender como seu cérebro funciona, você pode intervir nessa fase para ajustar comportamentos recorrentes, seja na sua vida profissional ou pessoal.


Por exemplo, se você está em uma negociação e sabe como seu cérebro funciona, você tende a obter resultados mais positivos. Com as ferramentas certas, você pode evitar comportamentos reativos e assumir o controle de seu cérebro. Além disso, você pode aprender sobre o comportamento das pessoas com quem negocia.


Quais são os benefícios da PNL?


Ajuda no processo de autoconhecimento


Olhe para dentro de si e entenda como seu cérebro e sua mente funcionam: esse é um exercício fundamental de autoconhecimento. E a PNL pode te beneficiar muito nesse processo. Afinal, você começa a entender como as decisões são tomadas e como aprendemos, o que se reflete na forma como você se comporta e influencia os outros.


A PNL também pode lhe dar uma melhor compreensão de si mesmo e de suas emoções. Por consequência, isso amplia o domínio sobre a sua forma de agir e acaba influenciando os demais.


Contribui para a sua inteligência emocional


Nossas reações às situações estão diretamente relacionadas às nossas emoções. Portanto, entender como o cérebro funciona tem muito a ver com inteligência emocional, habilidade que podemos resumir com uma pergunta: como você gerencia suas emoções?


Dessa forma, a PNL beneficia sua inteligência emocional, pois ajuda você a lidar melhor com crises e situações estressantes. Além disso, ajuda a desenvolver sua capacidade de se adaptar rapidamente e gerenciar suas emoções. Isso terá um grande impacto em sua vida pessoal e desempenho profissional.


O poder do sim


No processo de negociação, a persuasão e a tomada de decisão são as estratégias básicas. Portanto, ao obter uma melhor compreensão de como seu cérebro funciona, você pode ganhar mais confiança e tomar decisões "sim" com mais frequência.


É importante ressaltar que persuasão não é o mesmo que manipulação. A persuasão tem a ver com empatia e naturalidade. É quando a pessoa põe em prática uma postura confiante e uma boa argumentação para convencer a outra.


A manipulação, por sua vez, faz com que o outro aceite uma situação que vá contra os seus interesses. Consequentemente, invalida a decisão do outro.


Em uma negociação ganha-ganha, ou seja, quando todas as partes saem beneficiadas, o objetivo é encontrar um resultado positivo para todos os envolvidos. Com isso, situações não são forçadas, ou seja, tudo é muito bem pensado, e a PNL contribui nesse sentido.


Com a NPL, você se torna capaz de entender sua forma de agir e de persuadir pessoas, tornando-se mais influente e adaptável.


71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page