top of page
  • LM

Como escolher a profissão ideal?



Quem nunca ouviu a famosa pergunta: "O que você quer ser quando crescer?"? Encontrar a melhor resposta não é uma tarefa fácil, pois é preciso muita pesquisa e dedicação para definir sua carreira.


Os alunos nem sempre estão emocionalmente prontos para escolher uma carreira. A falta de experiência e orientação, aliada à pressão para tomar uma decisão, aumenta as chances de escolher uma carreira pela qual não tinha interesse.


Para ajudá-lo a enfrentar melhor essa situação, separamos 10 etapas fáceis para descobrir sua carreira e ajudá-lo a determinar a melhor direção para sua carreira. Continue lendo para descobrir quais são!


1. Pratique o autoconhecimento


O autoconhecimento é o ponto de partida para a descoberta da carreira, mas não é fácil realizá-lo plenamente: é um processo contínuo em nossas vidas. Ainda assim, você pode visualizar sua futura carreira analisando suas características pessoais.


Por exemplo, alguém extrovertido e comunicativo pode considerar uma carreira em relações públicas ou jornalismo, o que requer esse tipo de desenvoltura. Para quem é mais focado e gosta de fazer computação, várias áreas de engenharia e outras carreiras em tecnologia da informação podem ser opções interessantes.


Mas esta não é uma regra definitiva: é aconselhável combinar as características mais comuns do seu comportamento com os aspectos fundamentais para se sair bem na sua profissão. Siga essa dica e suas chances de acertar na escolha aumentam.


2. Mantenha-se bem-informado sobre as carreiras


Se você ama animais, provavelmente já lhe disseram que poderia ser um veterinário. Nem é preciso dizer que esse é um fator que pode ser levado em consideração na hora de escolher essa carreira, mas não é suficiente para definir suas perspectivas de carreira.


Antes de decidir, avalie o que é preciso para seguir uma carreira e analise as oportunidades disponíveis no mercado de trabalho. Quanto mais você souber sobre as atividades envolvidas em sua carreira, mais fácil será tomar decisões informadas e evitar falsas expectativas.


Você pode (e deve!) obter informações de familiares e amigos sobre a carreira que deseja seguir. No entanto, você deve tomar sua decisão avaliando os aspectos positivos e negativos de seguir uma determinada carreira de acordo com seus desejos.


3. Fale com profissionais mais experientes


Imagine-se ficando muito animado em se tornar um professor de inglês. Um dos motivos é sua excelente fluência no idioma, o que é uma vantagem para seguir nessa carreira. Mas você já sabe como é o dia a dia do trabalho nessa indústria? A rotina de preparação de aulas, exames, correções e lidar com os alunos pode não ser adequada para o seu perfil.


Portanto, é interessante examinar o cotidiano de trabalho, as condições de trabalho e os salários dos profissionais da região. Para não se decepcionar, o melhor a fazer é conversar com quem já está no mercado de trabalho e esclarecer todas as suas dúvidas.


Eles vão te ajudar a mostrar como é realmente uma carreira para que você possa decidir se ela é realmente sua. Infelizmente, ser capaz de ocupar um cargo não significa sucesso profissional ou realização pessoal.


4. Tenha calma para descobrir a vocação profissional


Como diz o ditado: A pressa gera desperdício. Definir sua carreira muito rapidamente não é a melhor maneira de abordar a situação. Então, procure ler os guias que falam sobre profissão, e analise alguns detalhes. Como:

  • áreas do conhecimento mais cobradas durante a faculdade;

  • oportunidades de trabalho na área;

  • requisitos necessários para ser um profissional acima da média;

  • melhores instituições de ensino superior para fazer um bom curso e estar mais bem preparado para o mercado de trabalho.

Portanto, tente ler com muita atenção os guias específicos de carreira, como informações em blogs e sites dedicados a ajudar os alunos que desejam descobrir uma carreira. Essa é uma decisão que deve ser tomada de forma consciente e tranquila, baseada em muitas informações. Portanto, não decida apenas quando se inscrever para o vestibular.


5. Una os interesses pessoais com os profissionais


Conhecer a sua carreira é o primeiro passo para o sucesso. Por isso, escolher uma carreira que te deixe feliz consigo mesmo é, sem dúvida, uma grande vantagem. Ainda assim, não se pode esquecer de algo importante para uma boa qualidade de vida: a remuneração.


Imagine que você quer se casar e ter dois filhos. No entanto, a carreira escolhida não proporcionou a renda familiar que garantiu o padrão de vida que ele esperava. Nesse caso, há duas opções: buscar complementar a renda com outras atividades, ou buscar outras ocupações que possam proporcionar melhores condições aos familiares.


Os interesses de carreira devem ser conciliados com as ambições de vida pessoal e o padrão de vida desejado. Isso o ajudará a ter um melhor desempenho em sua carreira e a desenvolver bons relacionamentos com amigos e familiares.


6. Busque ajuda para escolher sua profissão


Conversar com profissionais conhecidos, conversar com parentes e pesquisar bastante sobre o mercado de trabalho são atitudes que podem ajudar a definir as melhores opções.


Como vimos, escolher uma profissão não é uma tarefa fácil, mas existem diversas formas de tornar essa missão bem mais simples, como seguir essas dicas sobre como descobrir a sua vocação profissional. Basta ter foco, dedicação, planejamento e vontade de aprender para colocar todas em prática.



6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page