top of page

Qual a importância do psicopedagogo?



A contribuição dos psicopedagogos no ambiente escolar é expressiva! Esse profissional pode tanto prevenir quanto superar as dificuldades de aprendizagem na vida escolar.


Os psicopedagogos também encontram métodos de ensino adequados para alunos que têm dificuldades no processo de aprendizagem. Portanto, o trabalho que os psicopedagogo realizam no ambiente escolar é muito importante para que os alunos consigam aprender.


Da mesma forma, os pais podem se beneficiar do trabalho de psicopedagogos institucionais. Os profissionais dão orientações precisas sobre os problemas de aprendizagem do seu filho e sugerem uma investigação mais aprofundada da condição.


Qual o objetivo da psicopedagogia?


A psicopedagogia é o campo da psicologia relacionado à pedagogia que estuda a relação entre as pessoas e a aprendizagem. Assim, os profissionais da área buscam reduzir as dificuldades de aprendizagem e tratá-las.


As crianças são muitas vezes os principais pacientes dos psicopedagogos por uma razão simples. É nessa idade que certas funções cognitivas começam a se desenvolver. São elas: memória, associação, raciocínio lógico, atenção, percepção, linguagem, etc.


Essas habilidades são incentivadas em todos os momentos na escola. Desta forma, deficiências em pacientes em idade escolar são mais fáceis de detectar. Quando as crianças não acompanham o ritmo de seus colegas na sala de aula, fica claro que algo as impede de aprender.


No entanto, adolescentes, adultos e idosos também podem ter dificuldades de aprendizagem específicas. A falta de diagnóstico na infância os impede de aproveitar sua experiência acadêmica e profissional.


Devido aos sintomas de uma deficiência de aprendizagem, esses indivíduos podem sentir que são menos inteligentes e capazes do que outros. Como não recebem um diagnóstico para explicar suas dificuldades, podem crescer com complexo de inferioridade.


Nesse caso, a psicopedagogia também restaura a autoestima dos pacientes, ensinando-lhes que são capazes de aprender, ler, escrever, calcular e reter informação como os outros. Eles só precisam das ferramentas e dos métodos exatos para fazer isso.


A aprendizagem no período escolar


É no ambiente escolar que as crianças têm a oportunidade de desenvolver suas habilidades mais básicas. Além das relacionados à aprendizagem, as crianças têm a oportunidade de aprimorar suas competências sociais e adquirir valores éticos para a vida social.


Por isso, é importante que a experiência da criança na escola, especialmente nas primeiras fases da vida, seja de boa qualidade.


Uma escola é um lugar que permite múltiplas experiências, atividades, projetos, novidades e escolhas. Para poder tirar proveito de todos esses elementos, as crianças precisam estar no controle de seu processo de aprendizagem. Déficits significam perda de controle, fazendo com que as crianças pequenas experimentem contratempos.


Os transtornos de aprendizagem afetam o desempenho escolar das seguintes formas:

  • Atrasa o desenvolvimento de habilidades básicas, como leitura e escrita;

  • Dificulta a realização de cálculos matemáticos;

  • Aumenta a ansiedade e a frustração das crianças;

  • Reduz o interesse pelo estudo;

  • Torna a concentração em sala de aula difícil;

  • Estimular comportamentos inadequados;

  • Atrapalha a socialização com outras crianças;

  • Abala a autoestima;

  • Estimula estados de humor negativos, como raiva, desânimo e frustração.

Os psicopedagogos que atuam em instituições de ensino identificam diretamente essas dificuldades. Eles têm acesso privilegiado aos alunos para fazer julgamentos precisos e análises em sala de aula. Portanto, pode explicar os problemas encontrados na relação escola-criança.


A importância do psicopedagogo no ambiente escolar

Os psicopedagogos podem atuar em instituições de ensino e no atendimento clínico de pacientes. Mesmo no último caso, os profissionais visitam ou entram em contato com a escola do paciente para conhecer suas dificuldades de aprendizagem.


O ambiente da criança é um dos pontos mais importantes a serem considerados no processo de avaliação psicoeducacional.


Durante muito tempo, as escolas enfrentaram o seguinte dilema: como lidar com as dificuldades de aprendizagem dos alunos e, ao mesmo tempo, realizar intervenções de qualidade para superar as deficiências dos alunos?


O tratamento de crianças com uma deficiência de aprendizagem específica ou qualquer impedimento ao processo de aprendizagem deve ser diferente. Mas como fazer isso sem ser visto como “atenção especial injusta” por outros pais e alunos? Como promover a socialização desta criança com os outros e melhorar a sua autoconfiança no ambiente escolar?


Existem muitas dúvidas sobre os melhores métodos pedagógicos e psicopedagógicos para ajudar crianças. É por essas e outras razões que os psicopedagogos são necessários.


Em um ambiente escolar, o principal julga as interrupções na aprendizagem do aluno com base na observação e análise. Além disso, os psicopedagogos são capazes de definir diretrizes instrucionais e metodológicas para auxiliar no tratamento das dificuldades e/ou barreiras apresentadas pelos alunos.


Como o psicopedagogo contribui no contexto escolar


A contribuição do psicopedagogo no contexto escolar é, como dito, extensa e profunda. O trabalho é feito em conjunto com professores, gestores, alunos e familiares. Dessa forma, o profissional adquire uma visão ampla da instituição e dos métodos pedagógicos aplicados.


As práticas de ensino psicológico nas escolas também significam um trabalho preventivo. Um dos objetivos da psicopedagogia é transformar o processo de aprendizagem chato e difícil em prazeroso. Para isso, são utilizadas ferramentas para conversar com os alunos como jogos e tecnologia.


Assim, os psicopedagogos possibilitam que alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio compreendam diversos conteúdos, ajudando a melhorar o desempenho escolar e suas capacidades.


Em relação aos transtornos de aprendizagem, o psicopedagogo pode:

  • Implantar atividades lúdicas no planejamento escolar visando o benefício de alunos em situação de dificuldade;

  • Auxiliar educadores a lidar com alunos com dificuldades expressivas no processo de aquisição de conhecimento;

  • Promover encontros entre o corpo docente para que sejam discutidas atividades, ferramentas e métodos psicopedagógicos;

  • Colaborar para o planejamento de projetos escolares; e

  • Conversar com os pais sobre os problemas de aprendizagem dos filhos.

A contribuição do psicopedagogo é indiscutível. Trata-se de um profissional necessário para a facilitação do processo de aprendizagem.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


Post: Blog2_Post
bottom of page